Analisador de energia: qual a utilidade desse equipamento?

Algumas atividades essenciais não podem ser paralisadas por uma queda de energia. Para prever esses eventos de modo a evitar que eles prejudiquem o andamento de certos processos, emprega-se o analisador de energia.

Ao se verificar a qualidade do fornecimento de energia, pode-se identificar problemas na distribuição e solucioná-los. Daí a importância do analisador em diversos âmbitos, incluindo hospitais e indústrias.

Com o intuito de falar de maneira mais detida acerca desse instrumento, apresentamos seu conceito e sua utilidade. Acompanhe!

O que é um analisador de energia e para que serve?

Esse equipamento é largamente utilizado por técnicos para medir a potência da distribuição energética em determinado sistema. O fluxo de potência medido pelo analisador faz referência à passagem de energia elétrica entre um dissipador e uma fonte de energia.

Os analisadores podem ser empregados pra medir fluxo de energia em sistemas de corrente alternada ou contínua. Com eles, torna-se possível fazer a detecção da corrente e da tensão do sistema. O cálculo do consumo e da demanda de energia elétrica também pode ser realizado por meio do analisador de energia.

Esses números podem ser conseguidos em relação a dias, semanas ou meses. O monitoramento da rede pode ser feito em tempo real, o que impede que os problemas na rede passem despercebidos.

Atualmente, podem ser encontrados no mercado analisadores conectados à web e com tecnologia mobile, o que permite acesso às informações de qualquer lugar.

Há também sistemas de análise que permitem definir horários predeterminados para ligar ou desligar a distribuição de energia. Alguns são dotados de alarmes que acionam em caso de irregularidades no fornecimento. Os analisadores mais modernos fornecem muito mais do que dados advindos da medição da distribuição de energia. Com eles em mãos, os técnicos podem medir outros valores, como o torque e a velocidade da corrente. Pode-se ainda fazer análise harmônica e ter acesso a valores de potência fundamental.

Analisadores de energia modernos: ainda mais funcionalidades

Acessórios

Atualmente, os analisadores de energia da maioria dos fabricantes contam com alguns acessórios.

Entre eles, podemos mencionar os softwares nos quais são mostrados os dados coletados, as sondas flexíveis de corrente e as pinças de tensão.

Diferença na aplicação

Apesar da semelhança de funcionamento, nem todos os analisadores podem ser aplicados a todas as demandas. Nesse sentido, deve-se optar por um aparelho a depender do nível de tensão do sistema.

Por isso, antes de adquirir um desses instrumentos, deve-se saber se o sistema elétrico é de baixa, média ou alta tensão.

Como escolher um analisador

Para escolher o melhor aparelho, deve-se ter em mente não somente os níveis de tensão do sistema elétrico, mas também as funcionalidades oferecidas pelo analisador.

No que concerne a isso, recomenda-se a compra de instrumentos que permitam o cálculo imediato da perda energética. Alguns analisadores contam com calculadoras que facilitam a identificação desse valor mediante a quantificação das medições usuais. Ademais, esses aparelhos podem ser analisar energia trifásica ou energia monofásica.

Outro critério importante de escolha é se o tipo de analisador permite a possibilidade de se monitorar e analisar dados em tempo real. Os softwares que acompanham o aparelho também devem permitir a geração de relatórios e gráficos.

A importância dos analisadores

Ao conseguir captar todos esses dados, os analisadores oferecem a possibilidade de se identificar anormalidades no fornecimento de energia. Com esses dados em mãos, pode-se buscar soluções para esses problemas e evitar a suspensão do fornecimento de energia.

No caso das indústrias, anormalidades no sistema elétrico, como sobrecargas, poluição harmônica ou cavas, podem gerar muitos prejuízos. Entre eles, podemos mencionar a diminuição da vida útil de equipamentos e maquinário caro. Isso pode ocorrer devido ao superaquecimento desses aparelhos.

Além do que, esse aumento de temperatura pode levar a acidentes de trabalho graves, que podem pôr a vida de pessoas em risco.

Afora as máquinas do chão de fábrica, irregularidades na distribuição de energia podem causar danos em computadores e outros eletrônicos mais sensíveis. O prejuízo também é sentido no consumo de energia, visto que a eficiência energética é prejudicada pelas falhas no sistema. Esses defeitos podem acarretar um aumento nas tarifas de energia.

A obtenção dos dados das análises do fornecimento de energia permite a assertividade no investimento em recursos que tenham por fim a redução dessas contas.

Para exemplificar, pode-se empregar filtros para evitar o desequilíbrio de cargas ou harmônicos captados pelos analisadores de energia. Em situações ambientais atípicas, como tempestades, os analisadores podem ser utilizados para monitorar de maneira mais atenta a qualidade do fornecimento de energia.

A prevenção contra riscos e prejuízos

À vista do que foi apresentado, pode-se afirmar que esses instrumentos são essenciais para que mantenha a estabilidade dos sistemas de fornecimento de energia.

Com um analisador de energia, é possível evitar acidentes e prejuízos ocasionados por falhas e anormalidades. Por isso, essa não é uma despesa, mas um investimento que garante mais recursos.

E já sabe: precisando de analisadores de energia, conte com a Instrutemp! Faça seu orçamento agora!

No Comments

Sorry, the comment form is closed at this time.

Fale Conosco no WhatsApp