Câmera térmica ou termômetro infravermelho? Qual o melhor pra mim?

Para responder a essa pergunta, é importante que se entenda o que é cada equipamento desses, os benefícios que apresentam, assim como as diferenças. Com essas informações você poderá avaliar qual instrumento se aplica melhor à sua necessidade.

Então, vamos lá:

Termômetro Infravermelho

Também chamado de pirômetro infravermelho, esse termômetro consegue medir altas temperaturas de um corpo ou do meio, sem estar em contato com ele. Por isso, esses termômetros infravermelhos representam o equipamento mais seguro que existe para a medição de objetos muito quentes, que não podem ser encostados ou que são de difícil acesso ou estão em movimento. São adequados para aplicações onde termopares e termorresistências não podem ser utilizados.

Termômetro Infravermelho | FLUKE

 

A medição óptica é realizada através de radiação e esse termo “termômetro infravermelho” geralmente é utilizado para aparelhos que verificam temperaturas superiores a 600 graus Celsius.

Esse instrumento, portanto, possui como benefícios:

  • Mensuração de temperaturas em situações onde não seria possível com um termômetro tradicional;
  • Mensuração de temperaturas em peças que estão em atividade ou movimento;
  • Mensuração de temperatura em itens perigosos como condutores elétricos ativos ou itens radioativos;
  • Mensuração de temperatura em itens de massa baixa;

Todas essas aplicações protegem o usuário de danos maiores, queimaduras ou contaminações e traz uma aferição minuciosa do local em questão. Você pode imaginar agora que o termômetro infravermelho pode ser útil em diversos setores da indústria; por prestadores de serviços, na manutenção de máquinas e plantas alimentícias, no controle de processos que envolvem materiais em fundição ou processos químicos etc.

Para a escolha correta do termômetro infravermelho em uma aplicação específica, várias propriedades da ferramenta devem ser consideradas, como: Emissividade (tipo de superfície a ser medido); Espectro; Campo de Visão (tamanho e distância do alvo); Alcance de Temperatura; Tempo de Resposta e outros aspectos que sejam relevantes para o uso que será feito do instrumento. Da mesma forma, deve se avaliar sobre aquilo cuja temperatura será mensurada: faixa de temperatura, material e tamanho.

A boa notícia é que, além de existir nos mais variados tamanhos e pesos – inclusive em versões portáteis – em comparação a outras maneiras de medição o manuseio  do termômetro infravermelho é muito mais fácil.

Câmera Térmica

A câmera térmica também pode ser utilizada para medir temperaturas altas, sem que exista contato com o material. Porém, funcionam de uma forma diferente. Trata-se de um dispositivo que detecta a energia infravermelha emitida, transmitida ou refletida por todos os materiais a temperaturas acima do zero absoluto (0 graus Kelvin ou -273,15 graus Celsius) e converte o fator de energia em uma leitura de temperatura, chamada termograma. O termograma, portanto,  é a imagem exibida pela câmera do objeto que está emitindo, transmitindo ou refletindo a energia infravermelha.

Qual o benefício disso?

Bom, enquanto o termômetro infravermelho apresenta uma única temperatura em um único ponto, a câmeras térmica te exibe a temperatura em toda a imagem, algumas em até 19600 pontos. Essa característica permite o avaliador a mensurar as diferenças de temperatura que existem em um mesmo objeto, mesmo que ele esteja em movimento.

Da mesma forma que o termômetro infravermelho, a câmera térmica também pode ser aplicadas em:

  • Situações onde não seria possível o uso de um termômetro tradicional;
  • Peças que estão em atividade ou movimento;
  • Itens perigosos como condutores elétricos ativos ou itens radioativos;
  • Protegendo o usuário de danos maiores, queimaduras ou contaminações.

Mas então, por que a alta resolução é importante?

A alta resolução permite a detecção de pequenos problemas a distâncias maiores. Por exemplo, uma placa de circuito impresso pode ter um pequeno componente sofrendo de superaquecimento e com a câmera térmica é possível se detectar esse ponto quente instantaneamente.

 

http://www.instrutemp.provisorio.ws/dw/aquila/Thermal-imaging-C2-M.jpg

 

As características da câmera térmica que devem ser avaliadas no momento de escolha do instrumento assemelham-se ao termômetro infravermelho, sendo essas: Emissividade (tipo de superfície a ser medido); Espectro; Campo de Visão (tamanho e distância do alvo);  resposta espectral (para efeitos atmosféricos ou transmissão por superfícies), intervalo de temperatura e montagem (portátil ou montagem fixa). Outras considerações incluem: tempo de resposta, ambiente, limitações de montagem, porta de visualização ou aplicações de janela e o processamento do sinal desejado.

Quanto ao uso, sugere-se que a compra realizada seja da câmera térmica com maior resolução e qualidade de detecção de imagem que seu orçamento permitir.

No Comments

Sorry, the comment form is closed at this time.

Fale Conosco no WhatsApp