Quais as diferenças entre um detector de gás e um analisador de gases?

Os gases são substâncias que não possuem volume fixo e tem capacidade de se expandirem e serem miscíveis entre si, ou seja, são como o ar. Muitos gases inflamáveis, tóxicos e oxidantes são utilizados na indústria em reações, como catalisadores ou como produtos finais.

Esses gases utilizados na indústria tem o risco de vazamento e podem ser nocivos tanto para o trabalhador como para o meio-ambiente, podendo muitas vezes ocasionar incêndios e acidentes graves. Além disso, o ser humano muitas vezes não consegue detectar esses gases apenas com os seus sentidos, pois costumam ser inodoros e incolores.

Sendo assim, como é feito a segurança em relação aos gases? Através de aparelhos de medição como o detector de gás e o analisador de gás! Para entender a diferença entre esses dois equipamentos e a sua importância para a segurança do trabalho, continue lendo!

O detector de gás

detector de gás

O detector de gás é o aparelho de medição que tem a capacidade de indicar a concentração de determinados gases no ar, através de um sensor a bateria, que utiliza indicadores visíveis e audíveis, como alarmes e luzes. Esse equipamento mede uma concentração de gás específico e tem como ponto de referência a resposta do sensor, que dispara um alarme quando ultrapassa o nível pré-determinado. O detector de gás é muito utilizado para segurança, pois impede a exposição a substâncias tóxicas e incêndios.

O detector de gás pode ser uma unidade portátil, fixa ou unidade de trabalho, esta última podendo ser tanto uma pequena área, quanto um sistema de proteção. Atualmente, existem alguns dispositivos modernos multi-gás, que podem detectar vários gases ao mesmo tempo.

Dependendo do tipo de gás que detectam, esses aparelhos utilizam tipos diferentes de sensores. Para detectar gás tóxico como Amônia, Dióxido de Carbono, Dióxido de Enxofre e Monóxido de Carbono, por exemplo, os detectores de gases podem utilizar sensores eletroquímicos, catalíticos, de oxigênio, de oxigênio de pressão parcial e sensores PID de fotoionização. Esses gases tóxicos são utilizados em indústrias como química, alimentícia, farmacêutica e petroquímica,

Há também o detector de gás combustível, bastante utilizado onde há combustível inflamável, como plataformas de petróleo e indústria química. Esse equipamento utiliza sensores infravermelhos, principalmente os catalíticos, para identificar o vazamento de gases combustíveis perigosos como hidrocarbonetos.


Leia também o artigo “Alterações na NR 6 e NR 17: sobre ergonomia e nível de iluminância”

O analisador de gás

O Analisador de Gás também é um aparelho desenvolvido para a segurança, além de ser útil para garantir o bom funcionamento dos equipamentos industriais. Esse aparelho pode determinar e analisar a composição, tanto de forma quantitativa como qualitativa, de mistura de até 4 gases (como NO, SO2, CO2, CO, CH4 02, NOX, HCL, entre outros) e o oxigênio.

As indústrias utilizam o analisador de gás para estabelecer procedimentos que otimizam a eficiência dos equipamentos, diminuindo a emissão de poluição, para proteger tanto os seus colaboradores como todo o meio-ambiente. Essa busca pela responsabilidade social e ambiental já é uma tendência para as empresas.

O analisador de gás pode ser portátil ou fixo para análise em um local determinado como ambientes industriais. Entre os modelos disponíveis, estão o analisador de gases infravermelho, de oxigênio, de luz laser e de condutividade térmica. O princípio básico do funcionamento de um analisador de gás é a perda de calor que pode ser utilizada como medida de composição do gás.


Confira também: 5 instrumentos de medição imprescindíveis para a Segurança do Trabalho

Qual é o ideal?

Tanto o detector de gás como o analisador de gás são equipamentos utilizados para a segurança, porém, enquanto o primeiro é utilizado como um alerta em casos onde o índice de gases ultrapassa o esperado, o analisador de gases consegue classificar diferentes gases, além de quantificá-los.

Agora que você já sabe as principais diferenças entre os dois equipamentos, escolha o que mais faz sentido para o seu trabalho e conte com a Instrutemp para adquirir o seu, assim como garantir a manutenção dos seus aparelhos de medição. Fale conosco agora!

No Comments

Sorry, the comment form is closed at this time.

Fale Conosco no WhatsApp