instrutemp-Hipot

Instrumentos de Média e Alta Tensão: Hipot e analisador de energia

Entre os instrumentos de média e alta tensão, destacamos o HIPOT e o analisador de energia, que são muito úteis para ambientes industriais que precisam coletar dados e transformá-los em informações-chave para a tomada de decisões. Quer saber que instrumentos são esses, para que servem e como são utilizados? Então, para sanar a sua dúvida, fizemos este rápido artigo sobre o assunto. Acompanhe!

O que são instrumentos HIPOT?

O instrumento HIPOT permite a realização do ensaio de tensão suportável ou rigidez dielétrica, conhecido popularmente como teste HIPOT. Assim, ele atua gerando alta tensão, aplicada sobre o isolante e monitorando a passagem de corrente elétrica. O nome do equipamento faz referência à sigla em inglês (high potential), que em tradução livre significa “alta tensão”.

Existem diferentes equipamentos no mercado e eles apresentam características distintas entre si, apesar de servirem a um mesmo propósito. O teste HIPOT, efetuado pelo equipamento HIPOT, pode também ser chamado de ensaio. Consiste em um teste de rigidez dielétrica ou tensão suportável. Pode ser destrutivo, ou não destrutivo em relação ao equipamento que avalia.

Ele é feito em ferramentas, equipamentos elétricos, materiais para analisar a qualidade de suas isolações elétricas e também em alguns tipos de EPI´s como luvas e botas isoladas Por esse motivo, aplica-se a alta tensão/voltagem. De maneira geral, o valor gira em torno de alguns mil volts (Kv) até 100 mil volts (100 Kv).

Esse ensaio é muito utilizado em laboratórios e indústrias, pois eles apresentam grande quantidade de materiais, ferramentas e equipamentos elétricos. O teste é feito nestes elementos com o intuito de garantir a qualidade dos produtos e do sistema da fábrica. Para alguns setores industriais, a realização do ensaio HIPOT é obrigatório. Mas isso varia, evidentemente, do tipo de indústria e da legislação pertinente a cada segmento.

Leia também: Como realizar um teste HIPOT?

O que é o analisador de energia

Este instrumento é muito utilizado por técnicos para realizar a verificação da qualidade da energia entregue pela distribuidora, o consumo de equipamentos, entre outras utilizações.

Dessa maneira, os analisadores podem ser empregados para medir fluxo de energia em sistemas de corrente contínua ou alternada. Com o instrumento, é possível fazer a detecção da corrente de tensão do sistema. O cálculo de consumo e da demanda de energia, portanto, também pode ser descoberto por meio do analisador de energia.

Outro ponto importante a se destacar é que os números podem ser conseguidos em relação a dias, semanas ou meses. O monitoramento da rede pode ser efetuado em tempo real, o que previne que problemas da rede passem despercebidos pelo técnico ou equipe responsável pelo monitoramento.

Hoje em dia, há diferentes analisadores no mercado brasileiro, e os mais modernos são conectados à internet e com tecnologia mobile, o que possibilita o acesso às informações de qualquer lugar — tornando assim o trabalho mais ágil.

Existem também sistemas de análise que possibilitam a definição de horários predeterminados para ligar ou desligar a distribuição de energia. Alguns deles possuem alarmes que acionam em casos de irregularidades no fornecimento, precavendo o sistema de maiores problemas. Os analisadores mais atuais fornecem outros dados mais relevantes, como torque e velocidade da corrente. Além disso, pode-se fazer uma análise harmônica e ter acesso a valores de potência fundamental.

Leia também: Analisador de energia: qual a utilidade desse equipamento?

Ambos os testes são fundamentais para levar maior segurança para os espaços industriais. Quando não forem obrigatórios, talvez seja importante fazê-los mesmo assim para assegurar maior durabilidade e eficiência aos equipamentos, e em alguns casos, levar segurança aos colaboradores. Dessa maneira, um pode acabar servindo como complemento para que se encontre um resultado melhor na parte elétrica da indústria ou laboratório.

No Comments

Post A Comment