instrutemp-transmissor-o-que-e

O que é um transmissor e como ele afeta diretamente os processos industriais

Para ter melhores resultados na indústria, além de garantir a segurança dos colaboradores, é necessário contar com instrumentos tecnológicos capazes de garantir a produtividade e a segurança. Um desses elementos são os transmissores, que são utilizados para realizar a medição de diversos parâmetros. Com o intuito de esclarecer esse tema, preparamos este artigo sobre o transmissor e suas funções.

Continue lendo e confira!

Transmissor, o que é?

O transmissor é um instrumento responsável por converter um sinal eletromagnético e traduzi-lo em algo que pode ser enviado a distância. Para realizar a medição, você deve utilizar um sensor. Este sensor por ser montado de forma integral ao transmissor ou não, e isso varia de acordo com cada modelo e para cada aplicação. 

Há três tipos de transmissão de sinais na instrumentação industrial: análogica, digital e pneumática, sendo esta última cada vez mais rara.

Como funciona?

O transmissor capta a variável do processo através dos sensores e, em sua saída, gera um sinal padrão. Portanto, a presença dos transmissores permite que as variáveis que acompanham o processo de produção sejam enviadas para locais remotos, reunidos, por exemplo, em uma sala de controle, onde é possível monitorar e controlar um grande número de informações e variáveis que ocorrem durante o processo.

Assim, o sinal de saída do transmissor é enviado para os receptores remotos que utilizam o sinal recebido para registrar, controlar, indicar e totalizar as informações recebidas, para, com essas informações, tomar a atitude mais adequada, como a geração de alarmes.

Uma grande vantagem dos transmissores é a interconectividade de instrumentos de diferentes funções para constituir uma malha de controle e monitoramento, permitindo que os instrumentos receptores recebam sinais de qualquer variável.

Elementos de medição

O elemento de medição é uma parte do transmissor que fica em contato direto com o meio em que está sendo realizada a medição. Esse transmissor é sensível às mudanças da variável. Existem diversos tipos de elementos de medição usados nos transmissores, tais como bourdons, foles e diafragmas.

O fole pode ser utilizado tanto em transmissores que operam usando o princípio do equilíbrio de formas como balanço de movimento. Outro elemento de medição é o diafragma, utilizado em transmissores que apresentam pressão diferencial, que opera segundo o princípio do equilíbrio de forças.

Qual transmissor escolher?

Para a escolha do transmissor a ser utilizado em um determinado processo dentro da indústria, é importante contar com uma série de informações técnicas sobre os equipamentos já disponíveis na indústria, assim como o transmissor mais adequado para cada caso. Por isso, é importante que se conte com uma empresa com experiência no assunto, e que tenha uma grande variedade de produtos transmissores.

A Instrutemp disponibiliza diversos transmissores e prima pela qualidade. Temos, por exemplo, o transmissor de umidade e temperatura HMT360 e o transmissor de óleo e temperatura MMT330. Além disso, temos outras opções que podem ser conferidas no nosso site.

Os transmissores são elementos fundamentais para a realização e envio dos dados de medição dentro do ambiente industrial. Contar com instrumentos de ponta é importante para realizar o processo de forma mais segura e eficiente.

Gostou do que leu? Então conheça a Instrutemp, referência na venda de equipamentos de transmissão e medição para indústrias.

Tags:
No Comments

Post A Comment